Recomendações ao visitar um recém-nascido

A chegada de um bebê na família é sempre um momento de celebração, para os familiares e amigos que acompanharam a gestação, é normal ao receber a notícia do nascimento ficarem ansiosos para conhecer a criança. Porém é necessário compreender as mudanças na nova fase da família, muitas vezes os pais preferem um tempo para se adaptarem. Portanto o ideal é que os visitantes sempre perguntem sobre o local e horários. Há mães que preferem receber as primeiras visitas no hospital por não precisar se preocupar com a organização da casa, e até mesmo poder contar com o auxílio das enfermeiras. E também há casos onde os pais preferem passar o período de pós parto somente com familiares próximos, então as visitas ficarão um pouco mais para frente.

Lembrando que há diversos cuidados para ter-se com um recém-nascido, as visitas após o segundo e terceiro mês são até mais práticas. Independente de onde e como for, é essencial que seja combinado um horário, ligue ou envie um whatsapp,  visitas surpresas neste caso não são interessantes. Da mesma forma, o ideal é que não sejam visitas demoradas, pois geralmente os pais estão cansados, por exemplo, se o bebê teve uma cólica durante a noite e ao amanhecer dormiu, a mamãe irá aproveitar para também descansar.

Horários de refeições como almoço e jantar não são indicados visitas, pois após o nascimento de um bebê, a rotina do casal altera de forma que nem sempre nestes horários terão algo preparado, ao receber as visitas ficarão frustrados por não ter o que oferecer.

Casais que levam crianças junto para visitar um recém-nascido, devem ser orientadas por seus papais, é muito fofo e compreensível a criança demonstrar afeto pelo bebê, porém ele ainda está frágil e  precisa de silêncio. Quando a criança for o irmão, aí é um outro caso.

Nunca peça para acordar o bebê, como também é importante reforçar a higiene, lave as mãos, use álcool gel antes de pegar o bebê no colo, afinal durante o dia encostamos as mãos em diversas coisas como chaves, paredes, dinheiro, celulares e isto para um recém-nascido pode ser fonte de vírus e bactérias.

Perfumes devem ser evitado, como também fumar antes da visita (durante então, nem pensar),  pois o olfato do bebê ainda é muito sensível, e pode haver várias restrições ainda não diagnosticadas.

Muitas vezes os pais do bebê já tem filhos, não ignore o(s) irmão(s) mais velho, com a chegada do bebê, é preciso cuidado para não deixá-lo de lado, afinal os pais inicialmente já tem a necessidade de dar uma atenção maior para o mais novo em função dos cuidados e por estar mais frágil. Segundo psicólogos o irmão pode ficar inseguro e com receio de que as pessoas não gostem mais dele como antes.

Enfim se conversarmos com mamães e papais sempre terão outras recomendações e histórias que já tenham passado. Mas para ajudar nesta fase onde encontramos uma mistura de ansiedade com medo de atrapalhar o casal estas dicas irão ajudar 😉

Referência: Revista Crescer

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Compartilhe

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on email